PKP e SciELO vão desenvolver sistema de Servidor de Preprints

Uma excelente notícia, PKP e SciELO anunciam desenvolvimento de um sistema de código aberto de Servidor de Preprints.

O Public Knowledge Project (PKP) e o Programa SciELO estabelecem um acordo para desenvolver um sistema de Servidor de Preprints com base nos princípios que regem estas duas organizações nas duas últimas décadas.

PKP e SciELO planeiam colaborar na construção de um sistema de Servidor de Preprints totalmente interoperável com o Open Journal System (OJS) e outros sistemas de publicação que servirão aos periódicos da Rede SciELO e serão disponibilizados publicamente para operar com outras organizações.

Leia a notícia completa em:

Transparência e Boas Práticas em Publicações Académicas

Versão em Português publicada no DOAJ: 24 de Agosto de 2018

Esta é a terceira versão de um trabalho em andamento (publicado em Janeiro de 2018); a primeira versão foi disponibilizada pela OASPA em Dezembro de 2013 e uma segunda versão em Junho de 2015.

Nota: O Committee on Publication Ethics (Comité de Ética em Publicações-COPE), o Directory of Open Access Journals (Diretório de Revistas de Acesso Aberto-DOAJ), a Open Access Scholarly Publishers Association (Associação de Editores Académicos de Acesso Aberto-OASPA) e a World Association of Medical Editors (Associação Mundial de Editores Médicos-WAME) são organizações académicas que têm observado um aumento significativo no número e na qualidade das solicitações de adesão. Estas organizações, juntas, colaboraram para criar princípios de transparência e boas práticas para publicações académicas e para tornar claro que esses princípios constituem a base dos critérios pelos quais o COPE, DOAJ e OASPA avaliam a adequação para adesão, e como parte dos critérios avaliados pela WAME. Cada organização também tem seus próprios critérios adicionais que são utilizados na avaliação das solicitações.

Fonte do Artigo: https://doaj.org/pt/boaspraticas

RGPD e Revistas Científicas (configuração RGPD para OJS)

Como é do conhecimento geral a partir de Maio de 2018 a actual directiva e lei de protecção de dados pessoais é substituída pelo Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD).

O novo quadro legal traz mudanças significativas que terão impacto na vida das organizações. Assim, empresas e entidades públicas devem começar, desde já, a preparar a sua organização para a aplicação do RGPD.

É essencial conhecer as novas regras, analisar as novas obrigações, verificar o nível actual de cumprimento e adoptar as medidas necessárias durante este período de transição para assegurar que tudo está conforme atempadamente.

Neste sentido, e no âmbito da publicação académica de revistas, a PKP – Public Knowledge Project , responsável pelo desenvolvimento do Open Journal Systems lançou o GDPR Guidebook for PKP Users. O guia pretende ser um auxiliar na configuração do OJS para assim estar em conformidade com o RGPD. Lembra-se, que esta necessidade aplica-se a todas as revistas científicas e académicas online que tenham interacção com cidadãos da UE (registos, subscrições, visitas).

Download guia: GDPR Guidebook for PKP Users (pdf)

Galiza, 25 de Abril e WordPress

Na aproximação da comemoração do #25 de Abril, chega-nos via Twitter, que a AJA Galiza (Associaçom José Afonso), @aja_galiza leva a cabo esta semana um conjunto de actividades dedicadas ao 25 de Abril.

A par da importância do tema, acresce a satisfação de ver que o site da AJA Galiza, assim como o da AJA Portugal, correm em WordPress. No que concerne à Galiza, esta fica bem representada pelo uso da plataforma para o site da associação. Também daí, a nossa aposta na sua utilização para o lançamento do Blog Galego Viva Cerzeda, tal como referenciado no nosso portfólio.

Release 3.1.1 do OJS/OMP

A equipa de desenvolvimento do Public Knowledge Project anuncia a disponibilidade da versão 3.1.1 do Open Journal Systems e Open Monograph Press.

De referir que é a primeira release em simultâneo das duas plataformas, e com o objectivo de assim se manter em termos de actualizações. Com algumas alterações significativas*, as versões apresentadas, primam pela correcção de bugs e aumento da estabilidade.

Estão disponíveis para download (link directo) em:

Open Journal Systems 3.1.1

Open Monograph Press 3.1.1

Artigos Relacionados:
OJS 3.1.0 já é uma realidade
Open Journal Systems
Open Monograph Press

*

  • Improved role sharing for editors, authors, and reviewers
  • Enhanced reviewer selection
  • Improved Submission Library utility
  • Public identifiers for chapters (OMP)
  • Improved subscription support (OJS)
  • Add support for catalog paging (OMP)
  • Support browsing by section, subject and keyword
  • Allow themes to override templates in plugins
  • Major improvements to some locales

Regulamento Geral sobre Proteção de Dados (RGPD)

No sentido de facilitar o acesso a informação relativa ao Regulamento Geral sobre Proteção de Dados (RGPD) que entra em vigor em Maio de 2018*, deixamos algumas indicações que podem ser úteis.

Fontes institucionais:

A CNPD criou aqui um espaço dedicado – Espaço RGPD – ao novo Regulamento Geral sobre Proteção de Dados para que as entidades públicas e privadas possam ir acompanhando o trabalho que está a ser desenvolvido.

Orientações já emitidas sobre:

Reforma de 2018 das regras de proteção de dados da UE

As regras de proteção de dados mais rigorosas conferem aos cidadãos um maior controlo sobre os seus dados pessoais e condições mais equitativas às empresas.

Regras para as empresas e as organizações (Aplicação do RGPD, obrigações, pedidos de indivíduos, execução)

Direitos para os cidadãos (Proteção dos seus dados pessoais e dos seus direitos e vias de recurso)

Infografia: O que tem de fazer a sua empresa

Outras fontes:

1. Informação de qualidade e com pertinência, encriptação de dados, elaborada também na forma de um whitepaper, pela ESET Portugal. Em conformidade com o RGPD: o papel da encriptação (guia grátis)

2. Microsite dedicado ao RGPD pela SAGE Portugal.

 *O RGPD será diretamente aplicável em todos os países da União Europeia e também no Espaço Económico Europeu (Islândia, Liechtenstein, Noruega e Suíça), a partir de 25 de maio de 2018.