Open Preprint Systems (OPS)

O Open Preprint Systems (OPS) é um servidor de Preprints de código aberto, disponibilizado pela PKP e desenvolvido em parceria com a Scielo. O software OPS, procura assim fornecer uma solução, um sistema de Servidor de Preprints totalmente interoperável com o Open Journal System (OJS) e outros sistemas de publicação.

Processo

Após a submissão no repositório/servidor e a aprovação do Preprint Manager, os autores podem partilhar as suas pesquisas como Preprints, no formato PDF ou documentos do Word.

Os artigos publicados são então disponibilizados gratuitamente online para poderem ser descarregados e indexados pelo Google Scholar.

Funcionalidades OPS

O OPS foi desenvolvido usando a mesma estrutura do Open Journal Systems (OJS) e, portanto, partilha a maior parte do seu código base. O OPS pode ser obtido gratuitamente por qualquer parte interessada e instalado em um servidor da web local. As capacidades e recursos da versão beta, incluem o seguinte:

    • Front-end responsivo com várias opções para organização de conteúdo
    • Fluxo de trabalho de publicação rápida conduzido pelo autor
    • Envio e gestão o-line de todo o conteúdo
    • Personalizável para se adequar às suas políticas de triagem, com várias opções incluídas
    • Integrado com serviços de publicação académica, como Crossref e ORCiD
    • Instalado e controlado localmente
    • Liderado e apoiado pela comunidade
    • Suporte integrado para uma ampla variedade de recursos do ecossistema OJS e OMP
    • Disponível em inglês, espanhol e português, (brevemente mais idiomas)

Download Open Preprint Systems (OPS)

Demo Open Preprint Systems (OPS)

Demo Instação Servidor

Artigos relacionados:

PKP e SciELO vão desenvolver sistema de Servidor de Preprints

Acelerando a comunicação científica via preprints

Postar preprints antes da avaliação por pares está associado à maior visibilidade e citação dos artigos publicados

Preprints na comunicação científica: uma introdução

Preprints y servidores de preprints como herramientas para la comunicación académica

OJS / OMP 3.2

O OJS / OMP 3.2 disponível para download em 28 de fevereiro.

São muitas as alterações que esta nova versão trará, mas sem dúvida de que uma das mais importantes é a capacidade de verificar e registar alterações em artigos e monografias após a publicação,(Versioning: OJS 3.2 introduces the ability to track and capture changes as well as show older versions of published articles).

Como é evidente, esta nova funcionalidade terá impacto e implica alterações em praticamente todos os temas e plugins. Para o efeito, a PKP, lançou um documento dedicado à release 3.2 fornecendo orientação técnica sobre estas alterações, com particular interesse pra os autores de plugins e temas ou qualquer pessoa que trabalhe mais ao nível do código das aplicações.

No artigo original que refere a nova versão 3.2 para o OJS e OMP pode ainda ler sobre outras alterações na versão, tais como: o novo sistema de tradução, estatísticas dos artigos, workflow e nova licença aplicada ao software.

ORCID Profile Plugin para OJS 3.1.2

O lançamento da versão 3.1.2 do OJS trouxe consigo a actualização de diversos plugins.

Um dos updates, ao qual é dado bastante destaque, é o plugin da API ORCID, que graças à actualização permite requisitar autenticação de autores e co-autores. Além disso é possível para utilizadores, que estejam inscritos no sistema da API do ORCID, declarar directamente no registo ORCID os trabalhos publicados para um autor com a permissão deste.

Notícia completa em : https://orcid.org/blog/2019/03/12/introducing-new-ojs-orcid-plugin

Obter o plugin: ORCID Profile Plugin

Vídeo: OJS and ORCID

Documentação OJS actualizada

O PKP Documentation Interest Group, (DIG) anuncia que se encontra disponível informação actualizada relativa ao OJS. Esta actualização é possível pelo trabalho desenvolvido, desde Agosto até ao momento, pelo grupo e por elementos da comunidade do PKP.

Assim, podemos encontrar no PKP Docs Hub, os documentos:

  • Getting Found, Staying Found, (“Getting Found, Staying Found” é um recurso (documento) dedicado às revistas de acesso aberto (OA), especialmente aquelas que usam a plataforma de publicação OJS. O documento fornece orientação em torno de questões como, a descoberta e sustentabilidade, incluindo visibilidade, aumento do perfil e impacto, e preservação).
  • The GDPR Guidebook, (informação relativa a todas as aplicações da PKP e as implicações da directiva Europeia sobre a protecção de dados, mais conhecida como RGPD).
  • UI Library for OJS 3 (particularmente para developers).
  •  Learning OJS 3 e o Administrator’s Guide
  • Aprender OJS em Arabic e Spanish

Outros posts relacionados:

OJS 3.1.2 com novas funcionalidades

RGPD e Revistas Científicas (configuração RGPD para OJS)

PKP e SciELO vão desenvolver sistema de Servidor de Preprints

Uma excelente notícia, PKP e SciELO anunciam desenvolvimento de um sistema de código aberto de Servidor de Preprints.

O Public Knowledge Project (PKP) e o Programa SciELO estabelecem um acordo para desenvolver um sistema de Servidor de Preprints com base nos princípios que regem estas duas organizações nas duas últimas décadas.

PKP e SciELO planeiam colaborar na construção de um sistema de Servidor de Preprints totalmente interoperável com o Open Journal System (OJS) e outros sistemas de publicação que servirão aos periódicos da Rede SciELO e serão disponibilizados publicamente para operar com outras organizações.

Leia a notícia completa em:

OJS e OMP com novos updates

Ainda com as últimas alterações “frescas” o OJS e OMP ganharam novos updates. Agora a versão em curso é OJS 3.1.1-2 (.tar.gz) e OMP 3.1.1-2 (.tar.gz).

De referir ainda, que o tema Health Sciences garante compatibilidade com a última versão do Open Journal e não menos importante, o facto que, com o apoio da Equipa editorial do Instituto de Geografía, UNAM foi lançado o primeiro curso online em Espanhol do OJS – primer curso de PKP School en español — Configuración de una revista en OJS 3.