Tainacan vs AtoM, uma análise

Para todos os interessados em Acervos Digitais, e a utilização de plataformas de código aberto para a gestão e a publicação de coleções digitais, deixamos a seguir, a indicação do estudo:

“A Documentação Museológica no Núcleo de Estudos Açorianos” – Análise de sistemas informacionais computadorizados (um trabalho de Conclusão de Curso de Graduação em Museologia por Mônica Andrea Brogliatti Rocha).

Resumo
A pesquisa tem como objetivo geral analisar o desempenho de qualidade dos sistemas informacionais computadorizados para a organização, recuperação e disseminação da documentação do acervo museológico do Núcleo de Estudos Açorianos. E os objetivos específicos são: apresentar o acervo museológico que compõe o Núcleo de Estudos Açorianos; Identificar as características e subcaracterísticas dos sistemas informacionais computadorizados para a padronização da documentação do acervo museológico do NEA;Comparar os sistemas informacionais computadorizados por meio da ISO/IEC 9621 para sugerir o sistema informacional computadorizado que melhor se adequa as necessidades de organização, recuperação e disseminação da informação do NEA. Os procedimentos metodológicos foram baseados no modelo de qualidade da ISO-IEC 9621 desenvolvendo uma análise para avaliar as características e subcaracterísticas dos softwares para assim sugerir o software que se adequa ao acervo museológico do NEA. Como resultado a pesquisa obteve 28 pontos positivos para o Tainacan e 25 pontos positivos para o AtoM demonstrados em gráfico.

Gráfico dos Resultados da Avaliação dos Softwares AtoM e Tainacan

tainacan-atom

Documento original: TCC_Museologia_MônicaAndreaBrogliattiRocha_versãofinal27dezembro2019

Tainacan: Gestão de repositórios de acervos digitais

Tainacan é uma solução suportada pela plataforma WordPress, destinada à gestão de repositórios de acervos digitais ou digitalizados, que permite flexibilidade e facilidade de configuração das informações de acervos ao mesmo tempo que mantém requisitos de uma plataforma profissional para repositórios.

O Tainacan contribui para a preservação, difusão e popularização da produção cultural. Além de catalogar, organizar, armazenar e partilhar documentos, é uma ferramenta flexível que se adapta de acordo com as necessidades do utilizador, permitindo configurações e personalização de colecções, itens, metadados, filtros, entre outros.

O Tainacan é composto por um plugin, em que um utilizador com perfil de administração, realiza a gestão do seu acervo, e o tema padrão, que é o modo de visualização do conteúdo criado por meio do plugin, sendo acessível para todos os tipos de utilizadores.

O Tainacan é uma ferramenta flexível e poderosa que permite a gestão e a publicação de colecções digitais com a mesma facilidade da publicação de artigos em blogs, mas mantendo todos os requisitos de uma plataforma profissional para repositórios.

Saber mais sobre o Tainacan:

Conceitos e palavras chave:

– 2 níveis: repositórios e colecções;
– importação de itens (externos) para as colecções via importadores próprios;
– taxonomias, metadados e filtros para as colecções;
– registo e listagem de todas as acções Logs);
– tema padrão de visualização do Tainacan, permite diferentes modos de visualização para os itens das colecções, tais como tabela, cards, miniaturas, fichas, mosaico, tela cheia, entre outros;
– ferramentas adicionais para facilitar o uso do Tainacan, fonte oficial de ícones e os blocos para o editor  Gutenberg;
– acessibilidade e responsividade, permitindo acesso a todos os utilizadores, independente das suas necessidades especiais ou dispositivo de acesso ao conteúdo;
– software livre brasileiro, desenvolvido pelo Laboratório de Políticas Públicas Participativas (L3P) em parceria com o Laboratório de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em Mídias Interativas (MediaLab/ UFG).

Ligações: